CIRANDA DOS ARTISTAS

Por Nilton Cruz

RECOMPONDO A HISTÓRIA | 2001 JANEIRO | CAMPO GRANDE-MS

Um dos exemplos que garantem para Mato Grosso do Sul destaque no cenário nacional, no terreno da arte e da cultura, é o poeta, capitão da Polícia Militar de MS, escritor e professor de Literatura Brasileira, Antonio Alves Guimarães (Guimarães Rocha). Aliás, o nosso Estado é pródigo em estampar cotidianamente os seus cidadãos, na mídia nacional, seja nas áreas de educação, ciência e tecnologia, arte e cultura ou esporte.

Guimarães Rocha Idealizou e deu execução ao projeto Noite da Poesia, cuja realização, desde 1986, se transformou em Lei Municipal, integrando o calendário oficial de Campo Grande-MS. Fundou em 1985, juntamente com outros escritores locais, a União Brasileira de Escritores (UBE/MS); pertence desde 1984 a Academia de Literatura e Estudos de Corumbá; fundou o movimento dos Escritores Independentes (MEI) em 1983, mesmo ano em que idealizou o projeto “Em Cada Esquina uma Poesia”, executado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande-MS através da Secretária Municipal de Cultura e Esporte. Também na Capital, fundou a Associação dos Escritores Novos em 1982. Em 1978 vencia o primeiro Concurso de Poesia e Contos da Grande Dourados. Seu primeiro livro, publicado pela primeira vez em 1979, teve esgotadas três edições consecutivas.

UM TEIMOSO CORAÇÃO

Conforme analisa o amigo jornalista Gutemberg Honorato de Moura, “Guimarães Rocha não aceitou má-sorte na vida. De soldado a capitão; de aluno pobre a professor pós-graduado; da infância ingênua no Rio Quixeramobim ao estágio do poeta maduro o guerreiro é um sonhador insistente”. A versatilidade é sua marca. Segundo ele próprio, a poesia é a forma de linguagem preferencial à vida, não por acaso escolhida pelos maiores mestres de todos os tempos – incluindo Jesus Cristo – para “expressar o que muitas vezes é inexpressável”. Acontece – explica Guimarães, que para a divulgação ampla da essência poética muitos meios são necessários. “É aí que a gente se torna ator, cantor, cantor, coreógrafo e até dançarino, não por presunção ou vaidade tola, mas pela força mesmo das coisas que nos movem ao sabor da poesia”, diz o poeta.

……………………………………………………………………………..

GUIMARÃES ROCHA – POETA E ESCRITOR
União Brasileira de Escritores – MS
Academia Maçônica de Letras – MS
Academia Sul-Mato-Grossense de Letras
Academia de Literatura e Estudos de Corumbá-MS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.