O POETA E O MESTRE

O poeta despe-se do verso e, trajando a prosa, transmuda-se em mestre. Munindo-se de seu instrumento de trabalho - uma velha caixa de papelão repleta de livros usados, sua biblioteca itinerante - segue rumo à sala-de-aula arqueado pelo peso literário e pela responsabilidade de mudar o mundo. DEPOIMENTO| 2001 | Professor Klinger Silva Moura, quando, Diretor da Escola Padre João Greiner